Responsabilidade ambiental: um dever permanente das empresas quanto ao descarte de resíduos

Escrito por Engequisa

O conceito de sustentabilidade ambiental tem sido usado com frequência nos dias de hoje. Mas ser sustentável é muito mais do que somente um discurso e uma preocupação com o meio ambiente. Trabalhar de forma que não destrua o meio ambiente é um grande desafio das empresas atuais. Ser sustentável envolve a responsabilidade ambiental e uma construção de ideias e atividades voltadas à preservação da natureza.

Portanto, ser uma empresa de credibilidade e confiança, é adotar políticas de gestão ambiental, que atendam a legislação do setor. Como sua empresa tem realizado o descarte de resíduos? De acordo com a lei nº 12.305/10, aprovada em 2010, é obrigatório que todas as empresas tenham um Plano de Gestão de Resíduos Sólidos (PGRS). O descarte incorreto de resíduos resulta em consequências graves ao meio ambiente.

O Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS) é um documento que descreve os tipos e a quantidade dos resíduos produzidos pela empresa, identificando as formas corretas de manejo, armazenamento, transporte, tratamento e destinação final de cada um deles. Deste modo, os empresários devem estar atentos, se conscientizando quanto a responsabilidade ambiental, cumprindo as normas e exigências, evitando assim receber multas, penalizações até mesmo o fechamento da empresa.

Precisa de ajuda quanto ao descarte de resíduos da sua empresa?

Entre em contato com nossa consultoria especializada.

Engequisa – Meio Ambiente por inteiro!

Veja a tabela do tempo de decomposição de alguns materiais:

Papel

3 a 6 meses

Panos

6 meses a 1ano

Filtros de cigarro

Mais de 5 anos

Madeira pintada

Mais de 13 anos

Náilon

Mais de 20 anos

Metal

Mais de 100 anos

Alumínio

Mais de 200 anos

Plástico

Mais de 400 anos

Vidro

Mais de 1000 anos

Borracha

Indeterminado

Fonte: Site Brasil Escola Uol

Categoria: